quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Mil razões x Uma razão


"O desamor tem mil razões, não precisa explicações."

A frase citada acima faz parte da letra da música
O Desamor Tem Mil Razões, de Apocalipse 16. É uma certa verdade, uma vez que, para o ser humano, qualquer coisa pode justificar o desamor, seja uma traição, deslealdade, mentira, xingamentos, ou até mesmo coisas pequenas, como um simples dia ruim. O maior exemplo de situações desse tipo é quando, por um simples impulso, um casal se casa e, após a real convivência, percebe que foi um erro. Mas à essa altura do campeonato, não tem volta: "Na saúde ou na doença, na riqueza ou na pobreza, até que a MORTE nos separe". Ou então podemos citar um casal que realmente se ama, mas que se perde no meio de problemas e brigas. Nesse caso, o erro está após o casamento, mais precisamente no cartório, no momento em que os dois assinam um documento de separação. Também temos o exemplo de uma bela amizade que acabou destroçada e arruinada por falsas verdades, que fizeram cada lado pensar que o outro não vale nada e que a vida seria mais simples, fácil e feliz se não continuassem tão bons amigos, o que é uma tristeza, pois algumas vezes são amigos mais chegados que irmãos, mesmo que não percebam nos momentos ruins.
O desamor tem mil razões, é verdade, enquanto o amor possui somente uma razão. Essa simples razão, porém, vale muito mais e compensa todas as mil razões para o desamor. Na Bíblia está escrito: "[...]porque Deus é amor" (1 João 4:8b). O início desse mesmo versículo diz: "Aquele que não ama não conhece a Deus". Ou seja, aquele que diz ter Deus em sua vida só O tem realmente se for capaz de amar os outros como a si mesmo: "Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros, como Eu também vos amei" (João 13:34). E vamos lembrar que amar inclui também perdoar: "O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta" (1 Coríntios 13:4). Não deixe que as mil razões para o desamor pisoteiem a única e perfeita razão para o amor.

Por Priscila Cristiane

Um comentário:

Deixe aqui sua opinião, dúvida ou comentário. Caso queira, pode falar anonimamente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...